Capa / Brasa / AIFO realiza festival da Cooperação Internacional

AIFO realiza festival da Cooperação Internacional

Prevenir e reduzir, por meio do trabalho educativo, nutricional, médico e social, as desvantagens e dificuldades das pessoas com deficiências e com dificuldades sociais e culturais. Essa foi a tônica do 1º Festival da Cooperação Internacional, organizado pela Associação Italiana de Amigos de Raul Foleaual (AIFO), em parceria com três outros organismos (DPI-Itália, FISH e EducAid) e os meios de comunicação Idea Radio, além do patrocínio d administração de Ostuni, onde ocorreu o evento.

O acontecimento, com o tema Deficiência, direitos humanos e cooperação, ocorreu no final da primeira quinzena de outubro de 2017, com o propósito de unificar informações sobre o complexo cenário internacional das desigualdades protagonizadas por pessoas com deficiências. Concluiu-se ser necessário o desenvolvimento de novas abordagens inclusivas, que superem as diferenças e gerem bem-estar.

As pessoas com deficiência não apenas estiveram presentes ao evento, realizado na Câmara Municipal de Ostuni – um antigo mosteiro franciscano construído em 1304 no estilo gótico, cuja fachada foi reconstruída, em 1864, no estilo neoclássico –, como, também, protagonizaram todos os trabalhos do Festival. As intervenções evidenciaram a urgência em seu ultrapassar antigos e novos preconceitos. Ao final do evento foram soltos balões no átrio do Legislativo local.

Durante os dias do Festival se efetuaram diversas atividades culturais e sociais paralelas, como exposições, visitas guiadas e exibições de filmes produzidos pelas associações humanitárias envolvidas. Os participantes também tiveram a oportunidade de conhecer casos de superações e projetos bem-sucedidos da Índia, Mongólia e Palestina.

Os participantes concluíram que a deficiência deve ser considerada como parte da diversidade humana, tornando-se necessário um novo paradigma, que supere as abordagens exclusivamente médicas e sociais. Ficou-se evidente que a questão deve ser trabalhada à luz dos direitos humanos e respeitando-se o protagonismo das pessoas com deficiência.

Nesta linha de pensamento, o presidente da Rede Italiana de Deficiência e Desenvolvimento (RIDS), Giampiero Griffo, repetiu por diversas vezes o slogan Nada sobre nós, sem nós (Niente su di noi, senza di noi), que permeia o método de ação validado pelas quatro instituição fundadoras da Rede (Aifo, FISH, DPI-Itália e EducAid), com o propósito de otimizarem conhecimentos e realizações.

A cooperação internacional se apresenta atualmente em um novo contexto nacional,  representado pela renovada disciplina sobre cooperação ao desenvolvimento (Lei nº 125/2014), com a instituição da Agência Italiana de Cooperação para o Desenvolvimento (AICS) e a coparticipação do setor público e privado, lucrativo e não lucrativo.

De acordo Antonio Lissoni, presidente da AIFO, todos os envolvidos na luta pelo respeito e inclusão da pessoa com deficiência na rotina social, econômica e cultural das sociedades estão diante de uma nova realidade desafiadora, na qual terão que encontrar pontos comuns para lograr sucesso.

Ostuni

Com o seu encanto mediterrâneo, Ostuni é conhecida por Cidade Branca, cuja arquitetura e cores lembra o Sul da Espanha e algumas cidades da Grécia. Ruas estreitas de paralelepípedos, casas pintadas de branco, flores brilhantes e coloridas embelezando as ruas, Ostuni é considerada uma das cidades mais bonitas da Região de Puglia, localizada no “salto da bota” do mapa italiano. Como muitas cidades e aldeias italianas, Ostuni é rica em história e foi marcada por várias influências culturais. Fundada no período pré-clássico, a cidade foi então destruída por Aníbal e reconstruída pelos gregos, que o chamaram Astynéon (cidade nova).

Check Also

1° Seminário do Projeto PEP++ apresenta nova proposta de quimioprofilaxia

O regime reforçado de medicações para reduzir a transmissão da hanseníase e frear o risco ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *